Socopa troca Grendene por Guararapes na carteira Top Pick de agosto

ago 02, 2018

A Socopa Corretora, na esteira da atualização das recomendações de ações, escalando os papéis da Guararapes, que substituem os da Grendene (SA:GRND3) em agosto em sua carteira Top Pick para agosto. No mês passado, o portfólio rendeu 2,90%, contra desempenho positivo de 8,9% da carteira do Ibovespa em julho.

Os analistas avaliam que as ações da Guararapes se encontram em um momento positivo para compra caracterizado por valuations atrativos e expectativa de continuidade do forte desempenho operacional da companhia. No primeiro trimestre, a companhia reportou crescimento de 17,9% da receita líquida consolidada, para R$ 1.496,3 milhões, e aumento de 10,1% do EBITDA ajustado, para R$ 177,337 milhões.

A corretora avalia que o mês de agosto tende a continuar caracterizado pela volatilidade mais elevada nos mercados de risco. No exterior, embora tenha ocorrido uma redução das tensões comerciais entre EUA e União Europeia – o que contribuiu para o desempenho mais positivo dos principais índices de ações no mês de julho – teremos uma agenda de eventos bastante agitada no início do mês, o que deve continuar mantendo a variação dos preços em bolsas elevada.

Nos EUA, o mês inicia com a reunião do FOMC. A expectativa é que o colegiado mantenha a taxa de juros dos fed funds, mas sinalize um novo aumento de taxa em setembro, diante do forte ritmo de crescimento da atividade no país. O tom do discurso, porém, deve manter o viés gradualista, em linha com declarações recentes de membros do colegiado.

Ainda no início do mês teremos as reuniões do Bank of Japan e Bank of England. No caso do BoJ, surgiram rumores recentes de que a instituição alteraria sua orientação na compra de títulos longos. Já o BoE deverá elevar a taxa de juros neste encontro, de 0,50% para 0,75%. Assim, aos poucos as condições monetárias globais vão se tornando menos expansionistas, o que mantém a pressão negativa sobre as economias emergentes.

No Brasil, as atenções estão concentradas na cena política, em que a situação segue bastante incerta. Embora os investidores venham mostrando maior confiança no reformismo, após o anúncio de acordo entre o PSDB e os partidos do “Centrão” para apoio do projeto presidencial de Geraldo Alckmin, o leque de opções do eleitorado segue bastante amplo e com isso as chances de vitória de um candidato comprometido com a agenda de reformas atual são pequenas.

Do lado da atividade, as perdas decorrentes da paralisação dos caminhoneiros são de difícil mensuração e devem afetar a economia no segundo semestre. Por ora, a expectativa é que o PIB brasileiro continue mostrando recuperação moderada, devendo encerrar este ano com crescimento de 1,50%.

Diante desse quadro, para o mês de agosto, decidimos seguir com posições em ações com valuations atrativos e de empesas de qualidade.

Carteira Top Pick

Suzano (SA:SUZB3)

Equatorial (SA:EQTL3)

Ambev (SA:ABEV3)

Hypera (SA:HYPE3)

Guararapes