Randon tem crescimento de 56,2% na receita bruta de julho

ago 21, 2018

A fabricante de autopeças e implementos rodoviários Randon, apresentou em julho de 2018 receita bruta de R$ 553,8 milhões, montante que representa um crescimento de 56,2% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Nesta sessão, as ações (SA:RAPT4) da companhia recuam 0,75% a R$ 6,59.

No acumulado dos sete meses de 2018, as receitas totalizam um total de R$ 3,3 bilhões ou 48,1% maior que no mesmo período do ano anterior. Já a receita líquida consolidada da companhia atingiu R$ 385,0 milhões ou 58,6% maior que a registrada em julho de 2017.

No acumulado de janeiro/julho 2018, a receita líquida consolidada totalizou R$ 2,3 bilhões ou 49,8% maior que no acumulado do mesmo período do ano anterior.

Na visão da Mirae Asset, apesar de sinais claros de recuperação da indústria automobilística, o cenário que temos ainda é que existe grande potencial para os negócios da empresa, mas que ainda estão represados pelo momento econômico de incerteza que atravessamos.

Os analistas destacam que vale lembrar que as elevadas taxas de crescimento têm relação com uma base comparativa fraca, ainda influenciada pela forte crise que se abateu no país no biênio 2015/16. As expectativas seguem positivas a partir de 2019 para a empresa.

A corretora segue recomendando a compra, com upside de 34%. A ação negocia a um múltiplo EV/Ebitda 2018 de 6,1x e para 2019 de 5,2x e preço justo em R$ 8,92.