Petróleo acelera ganhos após forte queda nos estoques dos EUA antes de furacão

set 12, 2018

O petróleo do West Texas Intermediate ampliou os ganhos nas negociações em Nova York nesta quarta-feira, depois que dados semanais mostraram que o estoque dos EUA mostrou uma queda maior do que a projetada.

O contrato futuro do WTI para entrega em outubro na New York Mercantile Exchange US$ 1,37, ou 1,92%, para ser negociado a US$ 70,62 por barril por 11h33 contra os US$ 70,42 antes do relatório.

A Administração de Informações sobre Energia (EIA, na sigla em inglês) disse em seu relatório semanal que os estoques de óleo cru caíram 5,296 milhões de barris na semana encerrada em 7 de setembro. Os analistas de mercado esperavam uma redução de 1,3 milhão de barris. Ontem, após o fechamento da sessão, o American Petroleum Institute informou uma queda de 8,636 milhões de barris em sua contabilidade de estoques.

Os estoques em Cushing, Oklahoma, o principal ponto de entrega para o petróleo bruto da Nymex, caiu 1,242 milhão de barris na semana passada, disse a EIA. O total de estoques de petróleo bruto dos EUA ficou em 396,2 milhões de barris, volume “cerca de 3% abaixo da média de cinco anos para esta época do ano”.

O relatório também mostrou que os estoques de gasolina aumentaram em 1,250 milhão de barris, em comparação com as expectativas para uma elevação de 1.321 milhões de barris, enquanto os estoques de outros óleos aumentaram 6,163 milhões de barris , contra previsões de alta de 1,446 milhão de barris.

Na ICE Futures Exchange em Londres, o Brent para entrega em novembro subia US$ 0,83, ou 1,05%, para US$ 79,89 às 11h35 AM, frente a US$ 79,63 antes da publicação dos dados.

O prêmio do Brent sobre o contrato de petróleo bruto WTI ficou em US$ 9,19 por barril às 11h36 AM, contra uma diferença de US$ 9,81 no fechamento do pregão de terça-feira.