Oi avança mais de 2% após reduzir prejuízo trimestral para R$ 1,23 bilhão

ago 14, 2018

Na parte da manhã desta terça-feira na bolsa paulista, as ações da Oi (SA:OIBR4) operam com ganhos de 2,01% a R$ 3,05, com o mercado reagindo de forma positiva ao balanço divulgado pela companhia referente ao segundo trimestre do ano.

A companhia registrou prejuízo líquido de 1,233 bilhão de reais no segundo trimestre, queda de 70,4 por cento ante o resultado negativo de 4,162 bilhões de reais referente ao mesmo período do ano passado.

A equipe de analistas do Itaú BBA, em nota a clientes, afirma que a companhia divulgou dados de receitas em linha com as expectativas, mas que o Ebitda foi melhor do que o esperado.

Já a Santander (SA:SANB11) Corretora destacou ainda que muito do plano de reestruturação já foi feito, mas que mantinha a visão cautelosa, uma vez que alguns pontos relevantes do plano de reestruturação da dívida ainda precisam ser resolvidos, entre eles a dívida com a Anatel, conforme nota a clientes.

Na opinião da Coinvalores, os números vieram dentro do esperado, com a operadora de telefonia apresentando desempenho operacional fraco no segundo trimestre, porém dentro das expectativas de mercado.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, a receita líquida diminuiu 5% e o EBITDA de rotina caiu em menor proporção (3%) diante da política de redução de gastos operacionais em curso na companhia.

Com a variação cambial no período, o resultado financeiro foi impactado e culminou em novo prejuízo líquido trimestral, de R$ 1,3 bilhão ante os R$ 4,1 bilhões reportados há doze meses.

A Oi, que concluiu a conversão de dívida prevista no plano de recuperação judicial, teve resultado operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado, ou de rotina, de 1,563 bilhão de reais, queda de 3,4 por cento em relação ao resultado de 1,617 bilhão de reais apurado no segundo trimestre do ano passado, quando a empresa deu entrada em seu pedido de recuperação judicial. A margem Ebitda ajustada, na mesma comparação, subiu 0,5 ponto percentual para 28,2 por cento.

Com Reuters.