Inter aposta em plataforma para fintechs a partir de próximo ano

nov 01, 2018

Estreante na bolsa brasileira neste ano, o Inter irá oferecer no próximo ano uma plataforma para fintechs, no modelo de open banking, de acordo com a Coluna do Broad desta quinta-feira.

De acordo com a publicação, o primeiro serviço que será oferecido será o de boleto, possibilitando que as fintechs usem a estrutura do banco digital para a emissão emissão e administração desses títulos de cobrança. A expectativa do Inter é ter cinco produtos diferentes oferecidos já no primeiro semestre.

Além do Inter, outras empresas apostam neste segmento de negócios, por meio da qual empresas podem oferecer serviços financeiros a seus clientes utilizando a estrutura operacional de um banco. Um dos casos é do BS2, antigo Bonsucesso, que trabalha nesse momento especialmente junto a varejistas para oferecer seus serviços.

Na sessão de ontem, as ações do Banco Inter (SA:BIDI4) encerram com valorização de 4,50% a R$ 41,80. A instituição encerrou o terceiro trimestre com lucro líquido de R$ 19,1 milhões, o que representa um crescimento de 83% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O Inter lembra que encerrou os nove primeiros meses do ano com 674 mil novas contas, sendo que em setembro chegou ao resultado de mais de 6 mil novas contas por dia. Do total, foram 35 mil portabilidades de salário, o que representa 8% de todos os pedidos feitos no Brasil.

Volume de depósitos à vista chegou a R$ 466 milhões no 3T18, crescimento de 3,6 vezes comparado ao mesmo período do ano anterior. Tal crescimento aumenta as receitas do floating e reduz custo de funding.