Em Dalin, futuros do minério de ferro registram leve valorização

jul 19, 2018

Os contratos futuros do minério de ferro encerram a sessão desta quinta-feira, na bolsa chinesa de Dalian, com valorização de 0,32%, a 467,50 iuanes por tonelada, nos ativos com data de vencimento em setembro deste ano. A variação na cotação da commodity na jornada foi de 1,50 iuan .

No caso do vergalhão de aço, que tem os ativos negociados em Xangai, apresentaram valorização de 23 iuanes para um total de 3.963 iuanes por tonelada, para os ativos com data de vencimento em outubro deste ano. O segundo contrato de mais liquidez, de janeiro de 2019, os ganhos foram de 17 iuanes, para 3.739 iuanes por tonelada.

Os mercados acionários da China caíram nesta quinta-feira, pressionados pelo recuo das companhias aéreas, enquanto o iuan caiu para o menor nível em um ano frente ao dólar após notícias de que Pequim planeja ampliar medidas de flexibilização monetária.

O banco central da China planeja adotar incentivos que aumentarão a liquidez dos bancos comerciais, ajudando-os a expandir os empréstimos e aumentar o investimento em títulos emitidos por cooperativas e outras entidades, disse uma fonte com conhecimento direto do assunto na quarta-feira.

Enquanto isso, Guo Shuqing, presidente da Comissão Reguladora de Bancos e Seguros da China, solicitou que os bancos comerciais intensifiquem o fornecimento de empréstimos a pequenas e médias empresas privadas, em uma tentativa de reduzir seus custos de financiamento e facilitar a estabilidade do crescimento econômico.

O otimismo em relação ao impacto positivo dessas medidas foi compensado pelos temores de uma persistente desvalorização do iuan, já que a percepção de flexibilização monetária poderia reduzir as taxas monetárias chinesas, potencialmente tornando os ativos em dólares dos EUA mais atraentes.

Com Reuters.