Eletrobras tem valorização com governo mantendo data de leilão de distribuidoras

jul 12, 2018

A insistência do governo de manter a data do leilão das distribuidoras da Eletrobras (SA:ELET3) para o dia 26 de julho é bem recebida pelo mercado. As ações da estatal operam com valorização de 1,52% a R$ 14,66, sendo que os ganhos superaram os 3% nos primeiros negócios do dia.

De acordo com o Valor Econômico, fontes do Ministério de Minas e Energia garantem que o governo não irá mudar a data do leilão, mesmo com a negativa do Senado de não votar o projeto de lei da venda antes do recesso deste mês.

Ainda de acordo com a publicação, a ideia do governo é de repetir o leilão caso a falta de segurança jurídica afaste interessados. A data do novo certame seria no começo de agosto, quando o governo já espera que a lei esteja sancionada.

Na noite de ontem, líder do governo no Senado, Romero Jucá (MDB-RR), confirmou que a votação do projeto de lei que abre caminho para a privatização de seis subsidiárias da Eletrobras ficará para agosto. Também será votado no segundo semestre o projeto de lei que permite à Petrobras (SA:PETR4) vender o direito de exploração dos campos de cessão onerosa do pré-sal.

Segundo assessores, esses e outros projetos devem ser votados durante calendário especial no Senado a ser estipulado por Eunício, levando-se em conta que haverá eleições em outubro.