Eletrobras segue em alta com governo mantendo cronograma de venda distribuidoras

jul 19, 2018

As ações da Eletrobras (SA:ELET3) seguem sendo destaque positivo na sessão desta quinta-feira, com as ON avançando 1,00% a R$ 18,09 e as PNB somando 1,40% a $ 18,09, com a decisão do governo de manter o cronograma de leilão das distribuidoras da estatal.

O leilão em que a companhia buscará vender suas distribuidoras de eletricidade que atuam no Norte e Nordeste deverá ser realizado em duas etapas, na semana que vem e ao final de agosto, diante de impasses judiciais e discussões de um projeto de lei no Congresso.

A venda da empresa que atende o Piauí ocorrerá em 26 de julho, conforme agendado anteriormente, informou na quarta-feira o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que conduz o processo de licitação. A negociação das demais empresas está prevista para 30 de agosto, à exceção da Ceal, do Alagoas.

A decisão de fatiar a licitação acontece devido a uma decisão judicial do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que vetou a alienação da Ceal, e em meio a um atraso na deliberação pelo Senado de um projeto de lei visto como importante para atrair interessados para as concessionárias que atuam na região Norte e são responsáveis pelo fornecimento no Acre, Amazonas, Roraima e Rondônia.

O governo havia anteriormente agendado o leilão das seis distribuidoras para 26 de julho, mas posteriormente o ministro Lewandowski concedeu uma liminar em ação movida pelo governo do Alagoas para suspender a venda da Ceal.

A expectativa do governo e da Eletrobras é de que se consiga, com a postergação da venda da maioria das distribuidoras para 30 de agosto, melhores condições para o certame, com a aprovação do projeto de lei pelo Senado.

Investidores interessados no leilão da Cepisa deverão entregar a proposta econômica pela empresa e documentos de habilitação na bolsa paulista B3 em 23 de julho, entre 9h e 12h, informou o BNDES.

Com Reuters.