Cotação do ouro em queda enquanto dólar sobe

out 08, 2018

Inveigcom - A cotação do ouro caíam nesta segunda-feira, com o dólar continuando a subir, na expectativa de um aumento da taxa do Federal Reserve em dezembro.

Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos futuros de ouro entrega em dezembro caiu 1,27% para US$ 1.190,30 por onça-troy a partir das 11h05.

O metal precioso foi empurrado para baixo depois que o relatório de empregos na sexta-feira aumentou as expectativas de que o Fed aumentaria as taxas.

A economia americana criou menos empregos do que o esperado em setembro, mas o desemprego atingiu uma baixa de 48 anos, indicando que a economia estava em pleno emprego.

O ouro normalmente cai quando o dólar sobe, já que o metal precioso é cotado na moeda norte-americana e é sensível a movimentos da divisa. O ouro torna-se mais caro para os detentores de outras moedas quando o dólar sobe e mais barato quando cai.

O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, avançava 0,23% para 95,53.

O mercado de títulos está fechado em observância do dia de Colombo, mas ítulo norte-americano com vencimento em dez anos atingiu seu nível mais alto desde 2011, na sexta-feira, após os números da taxa de emprego.

Taxas de juros mais altas nos EUA aumentam os rendimentos dos títulos, tornando ativos não rentáveis ​​como o ouro menos atrativos. Eles também tendem a aumentar o dólar, tornando o preço do dólar mais caro para os detentores de outras moedas.

Outros metais também estavam em baixa na Comex, com os contratos futuros de prata acaindo 2,11%, para US$ 14,340 por onça troy. Quanto a outros metais preciosos, a platina recuava 0,69% para US$ 818,80, enquanto o paládio caia 0,23% para US$ 1,054.70 a onça. Os contratos futuros de cobre tinham alta de 0,22%, para US$ 2,771 a libra.