Contratos futuros de gás natural dos EUA começam a semana em baixa

jun 25, 2018

Investing.com - Os contratos futuros de gás natural começavam a semana em território negativo nesta segunda-feira, com os modelos de previsão climática atualizados apontando para temperaturas amenas cobrindo a maior parte dos EUA durante as próximas duas semanas.

Isso poderia reduzir a demanda do combustível para resfriamento no verão.

Os contratos futuros de gás natural dos EUA recuavam US$ 0,04, ou cerca de 1,3%, para US$ 2,905 por milhão de unidades térmicas britânicas às 11h15.

Na semana passada, a commodity teve perdas em torno de 2,6%.

Uma frente fria irá passar por todo o leste dos EUA nos próximos dias com fortes chuvas e tempestades.

Modelos de longo prazo mostravam temperaturas consideravelmente mais baixas desde o fim do próximo fim de semana até à semana seguinte, já que sistemas climáticos no sul do Canadá avançam mais agressivamente no nordeste e no leste dos EUA.

A cotação do gás natural acompanhava de perto a previsão do tempo nas últimas semanas, já que investidores tentam avaliar o impacto das mudanças do clima na demanda de resfriamento do verão.

Quase 50% de todos os domicílios norte-americanos usam gás para aquecimento.

O total de gás natural em estoque atualmente chega a 2,004 trilhões de pés cúbicos de acordo com a EIA.

Esse número é 757 bilhões de pés cúbicos, ou cerca de 27,4%, menor do que os níveis neste período do ano em comparação a um ano atrás e 499 bilhões de pés cúbicos, ou cerca de 19,9%, abaixo da média de cinco anos referente a este período do ano.

Os níveis altos recordes de produção doméstica ofuscaram o fato de que os estoques estão bem abaixo de suas médias sazonais para esta altura do ano.