Com recuo de 22% no lucro, ações do BTG Pactual operam em queda

mai 03, 2018

Investing.com - Reagindo negativamente ao balanço do trimestre, as ações do BTG Pactual (SA:BPAC11) operam em queda de 1,38% a R$ 21,50. O lucro líquido recorrente banco recuou cerca de 22% no primeiro trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior, para R$ 661 milhões de reais, com a queda das receitas.

A Coinvalores avalia que a queda da taxa de juros afetou os números do BTG, assim como a redução nas receitas de investment banking e das mesas de operação. Nem mesmo os bons números vindos da área de gestão de ativos não foram suficientes para compensar o desempenho pior nas outras áreas.

O lucro líquido ajustado do banco foi de R$ 661 milhões, contra R$ 744 milhões há três meses e R$ 843 milhões no primeiro trimestre do ano passado. Com isso, o ROE do banco caiu de 18,7% há um ano para 14,2% agora.

A receita do BTG totalizou R$ 1,310 bilhão, queda de 21% em relação ao ano anterior, uma vez que as taxas com transações, operações de banco de investimento e de banco comercial caíram.

O maior banco de investimento independente do Brasil disse que a sua participação no banco privado suíço EFG International reportou perdas no trimestre, também contribuindo para a queda da receita do BTG.

A carteira de empréstimos expandida atingiu R$ 29,4 bilhões, 2,7% a mais que no trimestre anterior. Em fevereiro, o diretor de relações com investidores, João Dantas, disse que o banco estava buscando crescimento de empréstimos.