Benndorf atualiza carteira de outubro com Tupy, Klabin e BOVA11

out 02, 2018

A Benndorf Research divulgou a atualização de sua carteira de ações para a primeira quinzena de outubro, com as entradas de Tupy, Klabin e BOVA11 (hedge venda a descoberto), nos lugares de Energisa (SA:ENGI4), Raia Drogasil (SA:RADL3) e Suzano (SA:SUZB3).

O portfólio teve queda de 0,08% em setembro, contra alta de 3,48% do Ibovespa. No acumulado do ano, a carteira rende 17,45%, contra 3,85% do Ibovespa.

Em setembro, o Ibovespa teve recuperação puxado, principalmente, pelas blue chips e pelas commodities, o que indica, para os analistas, que os gringos estão buscando liquidez.

Com o mercado ainda incerto, a opção da Benndorf é de cautela, devendo esperar por mais dados antes assumir um ponto de inflexão para essa classe de ativos e pisar no acelerador. Além disso, eles explicam que um fator que impossibilita a aceleração de volatilidade nas carteiras aqui no Brasil está logo na esquina com o primeiro turno eleitoral mostrando uma disputa acirrada e um driver binário.

E é justamente por isso que a carteira recomendada busca trazer rentabilidade com proteção de capital, mantendo o conservadorismo em outubro. Dois drivers de destacam para as próximas duas semanas e devem continuar ditando parte carteira.

Composição da carteira:

Itausa (SA:ITSA4) – 14%

Tenda (SA:SA:TEND3) – 10%

Klabin (SA:KLBN11) – 9%

Lojas Renner (SA:LREN3) – 8%

QGEP (SA:QGEP3) – 7%

Tupy (SA:TUPY3) – 7%

Weg (SA:WEGE3) – 7%

BOVA11 – Venda – 7%

Locamerica (SA:SA:LCAM3) – 6%

Notre Dame (SA:GNDI3) - 6%

Vale (SA:VALE3) – 6%

TIM (SA:TIMP3) – 5%