Ações - Wall Street em diferentes direções enquanto papéis de tecnologia caem

jun 07, 2018

Investing.com – Wall Street estava em diferentes direções nesta quinta-feira, com papéis do setor de tecnologia em baixa após terem ganhado força por quatro dias.

O S&P 500 avançava três pontos, ou 0,14%, para 2.776,0 às 10h44 enquanto o Dow composite subia 88 pontos, ou 0,35% e atingia 25.228,00 pontos. O índice de tecnologia NASDAQ Composite estava em queda de 11 pontos, ou 0,16%, e chegava a 7.203,75.

Investidores pareciam indiferentes após dados terem mostrado que o número de pessoas que solicitou assistência ao desemprego nos EUA caiu mais do que o esperado na semana passada.

O número de indivíduos solicitando pedidos iniciais de seguro-desemprego teve redução de 1.000 e totalizou 222.000, afirmou o Departamento de Trabalho.

Sobre relações comerciais, Wilbur Ross, secretário de Comércio dos EUA, disse que o país chegou a um acordo com a fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicações ZTE (HK:0763).

JM Smucker Company (NYSE:SJM) caía 6,75% após a fabricante de alimentos ter divulgado resultados mais baixos do que se esperava, ao passo que a empresa do setor de redes sociais Snap Inc (NYSE:SNAP) tinha queda de 2,09% e Apple (NASDAQ:AAPL) recuava 0,26%. Além disso, Amazon.com (NASDAQ:AMZN) estava em baixa de 0,23% e Netflix (NASDAQ:NFLX) caía 0,52%.

Por outro lado, Tesla (NASDAQ:TSLA) subia 2,00%, Qualcomm (NASDAQ:QCOM) saltava 3,29% e a empresa de semicondutores Micron Technology Inc (NASDAQ:MU) avançava 0,61%.

Na Europa, as bolsas estavam em diferentes direções. O DAX da Alemanha caía 27 pontos ou 0,21%, o CAC 40 da França recuava oito pontos ou 0,15% e o FTSE 100 de Londres avançava 10 pontos ou 0,13%. Enquanto isso, o índice pan-europeu Euro Stoxx 50 tinha queda de um ponto ou 0,04% enquanto o IBEX 35 da Espanha subia 30 pontos ou 0,30%.

Com relação a commodities, os contratos futuros de ouro avançavam 0,02% para US$ 1.301,70 a onça troy, ao passo que os contratos futuros de petróleo dos EUA subiam 1,07% e eram negociados a US$ 65,42 o barril. O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, recuava 0,29% para 93,34.