Ações - Wall Street abre estável, Guerra Comercial gera nervosismo

set 12, 2018

Wall Street estava estável nesta quarta-feira, à medida em que um nervosismo na guerra comercial segurava o ânimo dos investidores.

O S&P 500 permanecia estável em 2.887,91 as 10h41 enquanto o Dow aumentava 31 pontos, ou 0,12%, para 26.002,39. O índice de tecnologia NASDAQ Composite perdeu 24 pontos, ou 0,31%, para 7,947.56

Os investidores estão acompanhando de perto a evolução da negociação do Nafta após o presidente americano Donald Trump ter ameaçado impor tarifas sobre quase todas as importações chinesas na sexta-feira passada, cerca de US$ 467 bilhões em bens. A China planeja pedir permissão à OMC para impor sanções aos EUA, em uma reunião na próxima semana.

Uma queda inesperada nos índices preços no produtor também pesou sobre os mercados. O Departamento de Trabalho dos EUA afirmou que seu índice de preços ao produtor (IPP) caiu 0,1% no mês passado. Nos 12 meses até agosto, o IPP subiu 2.8%.

Os economistas previam que o IPP subiria 0,2% no último mês e teria aumento de 3,2% em comparação ao ano anterior.

A Apple (NASDAQ:AAPL) estava em foco na quarta-feira antes do esperado lançamento de seu mais recente modelo de smartphone. As ações da gigante de tecnologia caíram 0,80%.

Enquanto isso, a Amazon.com (NASDAQ:AMZN) subiu 0,27% e a Tesla (NASDAQ: TSLA) subiu 1,19% e a Netflix (NASDAQ: NFLX) subiu 1,21% .

Em outras notícias, o Twitter (NYSE:TWTR) perdeu 2,40% enquanto a Intel (NASDAQ: INTC) caiu 1,08% e a Micron Technology Inc (NASDAQ:MU) caiu 4,20% depois que o Goldman Sach cortou sua classificação sobre as ações.

Na Europa, as bolsas estavam majoritariamente em alta. O DAX da Alemanha subia 30 pontos ou 0,35%, o CAC 40 da França avançava 39 pontos ou 0,75% e o FTSE 100 de Londres tinha alta de 29 pontos ou 0,40%. Enquanto isso, o índice pan-europeu EURO STOXX 50 tinha alta de 8 pontos ou 0,25% enquanto o IBEX 35 da Espanha recuava 2 pontos ou 0,02%.

Com relação a commodities, contratos futuros de ouro recuavam 0,15% para US$ 1.200.40 a onça troy, ao passo que contratos futuros de petróleo dos EUA avançavam 1,40% para US$ 70,22 o barril. O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, avançava 0,04% para 95,09.