Ações das siderúrgicas operam em baixa com nova queda no mineiro de ferro

mai 30, 2018

Investing.com - A paralisação em parte da produção das siderúrgicas e a queda do preço do minério de ferro nos mercados internacionais afetam mais uma vez o desempenho das ações das empresas do setor no final da manhã desta quarta-feira na bolsa brasileira.

As ações da Gerdau (SA:GGBR4) operam em queda de 2,32% a R$ 14,73, enquanto as da metalúrgica do grupo recuam 0,88% a R$ 6,75. No caso da Usiminas (SA:USIM5), a desvalorização dos ativos é de 1,41% a R$ 8,42, enquanto os da Bradespar (SA:BRAP4), controladora da Vale (SA:VALE3), perdem 1,17% a 30,41.

Já as ações da Vale e da Companhia Siderúrgica Nacional (SA:CSNA3) operam em sentido oposto, com leve valorização de 0,26% a R$ 7,68 no caso da CSN e de 0,40% a 50,34 para os ativos da mineradora.

Os contratos futuros do minério de ferro encerram a jornada desta quarta-feira com queda de 0,98% a 455,50 iuanes por tonelada, nos papéis negociados na bolsa de mercadorias e futuros de Dalian e com vencimento em setembro. A variação diária foi de 4,50 iuanes para cada tonelada do produto.

No caso do vergalhão de aço, foram registrados ganhos de 33 iuanes a 3.644 iuanes para cada tonelada nos contratos com data de vencimento em outubro e negociados na bolsa de Xangai. Já o segundo contrato de maior liquidez, de janeiro de 2019, a valorização foi de 16 iuanes para 3.487 iuanes por tonelada.