Movida antecipa prazo para subscrição de acionista para aumento de capital

ago 28, 2018

A Movida (SA:MOVI3) Participações confirmou que o prazo para subscrição dos acionistas na operação de aumento de capital se encerrará no dia 2 de setembro. Por não ser um dia útil, o limite então passa a ser o dia 31 de agosto, próxima sexta-feira.

A Coinvalores ressalta que o aumento de capital poderá atingir o montante de R$ 312,5 milhões diante da emissão de até 49,9 milhões de ações ao preço de R$ 6,26. A controladora, grupo JSL (SA:JSLG3) já se comprometeu em subscrever 32,0 milhões das novas ações, o que corresponde ao valor mínimo para realizar esse aumento de capital. Segundo a Movida, a transação permitirá que a companhia continue executando seus planos de negócios e atuando, bem posicionada, no mercado de locação de veículos com crescentes oportunidades, sendo que o aumento de capital visa fortalecer sua estrutura de capital num momento de instabilidade político-econômica do país.

De todo modo, os analistas da Coinvalores acreditam que seus ativos deverão ficar pressionados em bolsa até a conclusão desta oferta.

A operação permitirá que companhia continue executando seus planos de negócios e atuando no mercado de locação de veículos, com crescentes oportunidades. O Aumento de Capital visa fortalecer sua estrutura de capital num momento de instabilidade político-econômica do país.

Na hipótese de ainda haver sobras das novas ações após a rodada de rateio, a companhia não realizará leilão das sobras e, desde que o montante subscrito e integralizado atinja o valor mínimo do aumento de capital de R$200.320.000,00.