Marfrig cai quase 3% com estabelecimento de limite para alavancagem

ago 28, 2018

Na parte da manhã desta terça-feira na bolsa paulista, as ações da Marfrig (SA:MRFG3) operam em queda de 2,91% a R$ 6,01, estando assim entre os destaques negativos do Ibovespa. Como plano de fundo, o anúncio do aditivo ao acordo de acionistas que estabelece uma política financeira para redução do nível de alavancagem da companhia, que pode levar a restrições à remuneração de acionistas e à aquisição de participações acionárias em caso de descumprimento.

Para o BTG Pactual (SA:BPAC11), “no caso de estarmos lendo isso corretamente, achamos que as notícias são realmente mais importantes do que parecem à primeira vista, principalmente porque contém uma mensagem muito importante: que a empresa pretende ter uma abordagem diferente sobre alavancagem no futuro em contraste aos últimos anos”.

Os analistas disseram, ainda, que em um setor onde a alta alavancagem tem sido indiscutivelmente a principal vilã para a criação de valor ao acionista, uma visão racional e mais conservadora do endividamento é claramente positiva.

A Mirae Asset destaca que é o terceiro aditivo do acordo de acionistas, assinado pela MMS Participações e o BNDES Participações, que limita o nível de alavancagem medido pela dívida líquida/Ebitda consolidado ajustado a 2,5x em 31 de dezembro de 2018 e a 3,5x nos trimestres subsequentes, de acordo com fato relevante.

Os analistas ressaltam que caso de descumprimento das métricas de alavancagem, a processadora de alimentos não poderá distribuir proventos em valor superior ao dividendo mínimo obrigatório ou adquirir participações societárias que superem o montante de 10% do lucro antes do Ebitda consolidado ajustado para os 12 meses anteriores, entre outras restrições.

A decisão ocorre após a venda de ativos, que trará a relação dívida líquida/Ebitda para uma relação na faixa de 2x e o que se aponta com esta decisão é a manutenção de um quadro de estabilidade para sua estrutura de capital.

Para a asset, a notícia é neutra para os preços de suas ações. A MRFG3 opera com um múltiplo EV/Ebitda 2018 de 7,8x e para 2019 de 6,4x.