Gol avança após divulgação de prévia operacional de agosto

set 10, 2018

Na parte da manhã desta segunda-feira, as ações da GOL (SA:GOLL4) operam com valorização de 3,19% a R$ 10,35, estando entre os destaques entre os ativos que fazem parte do Ibovespa, ficando apenas atrás de Bradespar (SA:BRAP4). Na última quinta-feira, a companhia divulgou números prévios de sua operação em agosto.

O relatório aponta para uma demanda doméstica (RPK) crescendo 1,8% e a oferta doméstica (ASK) da GOL aumentou em 2,7%. A taxa de ocupação doméstica da áerea diminuiu para 78,0%, uma redução de 0,8 p.p. em relação a agosto de 2017. O volume de decolagens reduziu 0,7% e o total de assentos aumentou 3,6%, em relação a mesmo mês do ano passado.

No mês passado, a demanda (RPK) e oferta (ASK) no mercado internacional reduziram 13,2% e 6,0%, respectivamente, a taxa de ocupação foi 68,4%, uma redução de 5,7 pontos percentuais em relação a agosto de 2017.

A demanda total (RPK) da GOL aumentou em 0,1% em relação a um ano antes e a taxa de ocupação consolidada atingiu 76,9%. A oferta total (ASK) aumentou em 1,7% devido à redução das decolagens em 1,3% e do aumento de 3,0% no total de assentos.

A Coinvalores destacou a queda forte na demanda por voos internacionais, impactada certamente pela desvalorização do real, e levando a uma retração de 5,7 p.p. na taxa de ocupação nesse segmento. No mercado doméstico, pequena elevação na demanda, com taxa de ocupação sem grandes variações em relação ao mesmo período do ano passado.

Para os analistas da corretora, apesar de esperada, essa retração na demanda internacional deve levar os papéis da companhia para o campo negativo no pregão de hoje, o que mostra ser justamente o contrário.