Gafisa recua com divulgação de guidance para o triênio 2019-21

ago 29, 2018

A incorporadora Gafisa (SA:GFSA3) divulgou na noite de ontem, por meio de fato relevante, as projeções para o próximo triênio. A expectativa, para o período entre 2019 e 2021, é de lançamentos de R$ 1 bilhão a R$ 1,2 bilhão por ano.

As ações da companhia recuam 2,11% a R$ 11,16.

Para o triênio, a companhia espera registrar margem bruta em cerca de 30% a 35%, em linha com a reportada no primeiro semestre desse ano (31,7%), o que não impediu bottom line negativo em R$ 85 milhões nesse período.

Além disso, a Gafisa estima distratos de R$ 250 milhões nesse ano e de R$ 150 milhões em 2019.

Na opinião da Coinvalores, o guidance não é visto como um catalisador com relevância para uma recuperação dos papéis no curto prazo.

No último dia 15, o conselho de administração da Gafisa autorizou a administração da construtora a desenvolver potenciais alternativas estratégicas, inclusive por meio da venda do controle ou combinação dos negócios.

A decisão do conselho foi tomada após o acionista GWI Assest Management ter pedido a convocação de uma assembleia geral extraordinária para a destituição de todos os integrantes do conselho de administração.

O conselho também autorizou a administração da empresa a contratar assessores financeiros e jurídicos para auxiliar no processo.