Eletropaulo avança mais de 4% com aval da Aneel e aumento de capital

jun 27, 2018

Investing.com - As ações da Eletropaulo (SA:ELPL3) operam com forte valorização na tarde desta quarta-feira, avançando 4,05% a R$ 43,70. Os investidores reagem positivamente à notícia de que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a aquisição do controle societário da distribuidora de eletricidade paulista Eletropaulo pela italiana Enel (MI:ENEI).

A Enel fechou no início do mês a compra de mais de 70 por cento das ações da Eletropaulo por cerca de 5,55 bilhões de reais, após uma oferta pública de aquisição pela companhia. De acordo com o despacho da Aneel, a Eletropaulo deverá enviar ao órgão documentos que comprovem a formalização da operação e como fica a situação da companhia após o negócio no prazo de até 120 dias.

A nova controladora da companhia, Enel, anunciou a realização de um adiantamento para futuro aumento de capital de R$ 900 milhões. Essa operação está relacionada com o aumento de capital de R$ 1,5 bilhão, que será realizado mediante a emissão de novas ações, em até 30 dias após a data em que for obtida a última aprovação regulatória referente a aquisição das ações da Eletropaulo pela Enel, no leilão do dia 04/06.

Desestatização

O governo incluiu no Programa Nacional de Desestatização (PND) sua participação acionária na Eletropaulo, designando o banco de fomento BNDES como responsável pela operação, de acordo com decreto do presidente Michel Temer no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

A fatia do governo na distribuidora de energia paulista, a maior do país em faturamento, é composta por cerca de 13,3 milhões de ações ordinárias. A busca do governo por vender sua participação na empresa ocorre após a italiana Enel fechar a aquisição do controle da Eletropaulo por mais de 5 bilhões de reais no início deste mês, superando a rival Iberdrola (MC:IBE).