Duratex sobe mais de 5% com Suzano exercendo opção de compra de floresta

jul 03, 2018

Investing.com - As ações da Duratex (SA:DTEX3) operam com forte valorização de 5,73% a R$ 9,04, com a confirmação de que a Suzano Papel e Celulose (SA:SUZB3) exerceu a opção de compra de uma fazenda no interior de São Paulo por um total de R$ 749,4 milhões.

A aquisição envolve 20 mil hectares de áreas rurais e 5,6 milhões de metros cúbicos de madeira, informou a Suzano, que em fevereiro anunciou a compra de 9,5 mil hectares, e 1,2 milhão de metros cúbicos de madeira, da Duratex no Estado por 308 milhões de reais.

Em fevereiro, a companhia havia comprado outros 9,5 mil hectares com 1,2 milhão de m³ de florestas plantadas por R$ 308,1 milhões. Para a Suzano, a transação significa uma redução na distância média entre as suas plantas e suas florestas, enquanto para a Duratex, o foco foi em diminuir sua alavancagem.

A opção de ampliar produção de celulose em São Paulo vem em um momento em que o preço da matéria-prima do papel segue em elevação, com rivais como Fibria (SA:FIBR3) ampliando produção com a entrada em operação de novas unidades industriais.

A fábrica da Suzano em Limeira tem capacidade para produção 360 mil toneladas de celulose. A empresa tem outra fábrica de celulose em Suzano com capacidade para 95 mil toneladas. Além destas, a empresa tem mais 1,4 milhão de toneladas de capacidade em Mucuri (BA) e 1,65 milhão em Imperatriz (MA).