Dividend Yield média da bolsa brasileira apresenta melhor resultado desde 2010

jul 26, 2018

Estudo divulgado pela Economatica nesta quinta-feira revela que a Dividend Yield (DY) média da bolsa brasileira apresenta em 2018 o melhor resultado desde 2010. O indicador mede o ganho do acionista com o recebimento de dividendos e juros sobre capital próprio, com a empresa calculando a média desde 2002.

A média do indiciador total no dia 24 de julho de 2018 (12 meses) é de 3,45%, que representa o melhor valor já registrado desde 2010. O DY considerando somente os dividendos no ano de 2018 é de 2,39%, que é o melhor resultado para o mercado desde o ano de 2014.

Considerando o DY somente com os JCP´s em 2018 o resultado é de 1,06%. A Economatica destaca que há certa estabilidade na média de DY com JCP´s entre 2010 e 2018, ficando entre 0,8% e 1,1%

Entre as ações que fazem parte do IBrX-100, a Eztec (SA:EZTC3) tem o melhor desempenho de DY de 16,03%, sendo que todo o provento distribuído por meio de dividendos. Em segundo lugar no ranking está a Copasa (SA:CSMG3), com o indicador total de 10,97%, sendo 7,16% em dividendos e 2,81% em JCP´s.

Levando em consideração somente JCP´s, a do Banrisul PNB (SA:BRSR6) registra o melhor resultadocom JCP´s com 6,93%. O DY total da ação é de 7,27% com 0,34% de DY com dividendos.

A ação com maior DY com dividendos é o da Eztec ON (EZTC3) com 16,03%, seguida pela Trans. Paulista PN (TRPL4 (SA:TRPL4)) com 10,7%.