BB-BI fixa preço-alvo de Marcopolo em R$ 4,60 com recomendação Market Perform

mai 08, 2018

Investing.com - O Banco do Brasil (SA:BBAS3) Investimentos (BB-BI) apresentou nesta quarta-feira seu preço-alvo par as ações da Marcopolo (SA:POMO4) em R$ 4,60 para o final de 2018 com a recomendação Market Perform. Os analistas esperam para o ano resultados operacionais consistentes devido ao incremento do volume de vendas em função de ganhos no mercado doméstico, a esforços da companhia para melhorar seu mix de produtos e canais de vendas e ao aumento dos volumes de exportação.

As ações da companhia operam com valorização de 13,60% a R$ 4,51.

O BB-BI também destaca como positivo os esforços da companhia em melhorar sua ação comercial, o que refletiu em uma maior participação de mercado e ganhos de eficiência, como pode ser observado nas despesas com vendas, gerais e administrativas no primeiro trimestre.

A análise do banco indica que nos últimos meses, o mercado já incorporou os fundamentos positivos da Marcopolo no preço de suas ações, o que limita o upside no curto prazo, justificando nossa recomendação. A atualização representa um potencial upside de 15,8% em relação à cotação de fechamento de segunda-feira.

O BB-BI entende que preço-alvo incorpora de maneira justa os fundamentos atuais da empresa. No entanto, há alguns resultados que podem agregar valor adicional, como a dinâmica positiva de ganhos face a um ambiente econômico mais otimista, a estratégia de crescimento a longo prazo da companhia, notadamente através de possíveis operações de fusões e aquisições, considerando seu histórico positivo e uma situação financeira sólida, que a possibilita se beneficiar de oportunidades no mercado automotivo, tanto em termos de volumes de vendas como em melhorias no mix de produtos quanto mudanças na estrutura de capital da empresa, refletindo o atual ciclo de afrouxamento monetário.

Já s riscos de downside para a tese de investimento estão relacionados ao crescimento mais lento do que o esperado da economia doméstica, depreciação do dólar, que pode pressionar a receita das unidades no exterior, aumento da concorrência.

A companhia Marcopolo anunciou um lucro líquido de R$ 30,91 milhões no 1º trimestre de 2018, valor 858,89% superior ao lucro líquido apurado no mesmo período do ano anterior (R$ 3,22 milhões). Na comparação com o 4º trimestre de 2017 (R$ 37,25 milhões), houve uma diminuição de 17,04%.

A receita líquida da companhia aumentou 37,90% de um ano para o outro, passando de R$ 554,63 milhões para R$ 764,85 milhões. Em relação ao último trimestre (R$ 843,64 milhões), a receita diminuiu 9,34%.