Após perdas após Selic, ações das varejistas avançam na B3

mai 22, 2018

Investing.com - Após registrarem perdas na semana passada com a decisão do Banco Central de manter a taxa Selic inalterada em 6,5%, as ações das varejistas têm dia de forte valorização, com destaque para os papéis da Via Varejo (SA:VVAR11), que ganham 3,95% a R$ 25,78, figurando entre as três maiores altas do dia no Ibovespa.

As ações da CVC Brasil (SA:CVCB3) também merecem destaque, uma vez que os papéis chegaram a perder quase 4% na última quinta-feira e hoje avançam 3,52% a R$ 52,28. O desempenho da companhia é diretamente dependente da cotação do dólar e também do petróleo.

Os papéis da Lojas Renner (SA:LREN3) somam 3,24% a R$ 31,22, enquanto os da Lojas Americanas (SA:LAME4) têm valorização de 3,09% a R$ 18,67. No caso do Pão de Açúcar (SA:PCAR4), os ganhos são de 2,94% a R$ 81,67. Magazine Luiza (SA:MGLU3) também acumula valorização de 2,30% a R$ 112,05, enquanto BR Malls (SA:BRML3) sobe 1,87% a R$ 10,34.

Ainda dentro do Ibovespa, as ações da B2W (SA:BTOW3) somam 1,60% a R$ 27,27, enquanto Raia Drogasil (SA:RADL3) sobe 1,29% a R$ 65,94.

A decisão do Copom de manter os juros surpreendeu o mercado e atingiu diretamente as varejistas no final da última semana. Por estarem diretamente dependente do crédito, a preocupação do investidor é que a interrupção do corte dos juros prejudique o setor que ainda ensaia uma recuperação após a recessão dos últimos anos.