Ações - Wall Street em alta após relatório de empregos

jun 01, 2018

Investing.com - Wall Street estava em alta nesta sexta-feira após dados mostrarem que a taxa de desemprego dos EUA caiu ao nível mais baixo em 18 anos e que a economia do país criou mais empregos do que o esperado.

O S&P 500 avançava 18 pontos, ou 0,69%, para 2.724,25 às 10h40 enquanto o Dow composite subia mais de 195 pontos, ou 0,80% e atingia 24.612,0 pontos. O índice de tecnologia NASDAQ Composite estava em alta de 52 pontos, ou 0,76%, e chegava a 7.029,75.

As folhas de pagamento não agrícolas (NFP, na sigla em inglês) tiveram aumento de 223.000 em maio, de acordo com dados oficiais divulgados nesta sexta-feira. Os dados foram mais altos do que o estimado pelo consenso das projeções, que era de criação de 189.000 empregos, e também acima dos 178.000 novos postos indicados pelo relatório da ADP na quarta-feira.

O relatório de empregos é atentamente pelo Federal Reserve na busca de indicações de aumento da inflação dos salários e para mensurar um de seus principais objetivos, o emprego.

Ações estavam em alta de forma geral em todos os setores, com a Snap Inc (NYSE:SNAP) subindo 4,21% depois que analistas aumentaram a meta de preço das ações da empresa. Amazon.com (NASDAQ:AMZN) avançava 0,67%, a empresa de semicondutores Micron Technology Inc (NASDAQ:MU) tinha alta de 2,18% e Twitter Inc (NYSE:TWTR) tinha ganhos de 2,10%.

Por outro lado, General Electric (NYSE:GE) recuava 0,04%.

Na Europa, as bolsas estavam em alta. O DAX da Alemanha subia 170 pontos ou 1,35%, o CAC 40 da França avançava 77 pontos ou 1,43% e o FTSE 100 de Londres tinha alta de 47 pontos ou 0,62%. Enquanto isso, o índice pan-europeu Euro Stoxx 50 tinha alta de 46 pontos ou 1,36% enquanto o IBEX 35 da Espanha subia 172 pontos ou 1,82%.

Com relação a commodities, os contratos futuros de ouro recuavam 0,55% para US$ 1.293,00 a onça troy, ao passo que os contratos futuros de petróleo dos EUA caíam 1,22% e eram negociados a US$ 66,22 o barril. O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, avançava 0,18% para 94,12.