Ultrapar lidera perdas do Ibovespa com UBS cortando recomendação para ‘neutra’

ago 24, 2018

Na tarde desta sexta-feira, ações da Ultrapar (SA:UGPA3) operam em queda de 3,64% a R$ 41,50, liderando assim as perdas do Ibovespa. O desempenho tem como plano de fundo a análise divulgada pelo UBS alterando a recomendação do ativo de “compra” para “neutra.

Além disso, a equipe do banco suíço reduziu o preço-alvo de R$ 84 para R$ 46, afirmando que ao longo do último ano a tese para a empresa não produziu resultados dentro do esperado.

Na visão dos analistas, “a administração da Ultrapar não levou em conta o efeito importante de diversos anos de crescimento, que deixou mais difícil sustentar o mesmo patamar de expansão”.

Outro ponto levantando pelo UBS foi a rejeição do Cade às tentativas de compra pela Ultrapar da AleSat e da Liquigás, fatores que limitaram o potencial de crescimento não orgânico da empresa.

“Nós tivemos uma visão positiva sobre a Ultrapar por mais depois anos, amparado num histórico impressionante de crescimento, governança alta e alocação diferenciada de capital… Ao longo do último ano, no entanto, nossa tese não saiu como esperado", escreveram os analistas em comunicado enviado clientes.

Santander (SA:SANB11)

No começo do mês, os analistas do Santander elevaram a recomendação das ações da Ultrapar para 'comprar', sendo que antes era 'manter', adotando preço-alvo de R$ 57 para o final de 2019 contra R$ 83 estimado para o final de 2018.

“Acreditamos que o segundo semestre de 2018 poderia ser um ponto de virada para as duas operações mais importantes da Ultrapar, distribuição de combustíveis e produtos químicos, com os negócios restantes também indo bem", afirmaram em relatório divulgado no início de agosto.

Com Reuters.