Tesouro Direto suspende operações definitivamente nesta terça; Dólar vai a R$ 3,81

jun 05, 2018

Investing.com - O Tesouro Direto suspendeu as operações nos últimos minutos de negociação desta terça-feira devido à alta volatilidade nas taxas.

As taxas dos papéis atrelados à inflação chegaram hoje ao maior valor desde dezembro de 2016. Os títulos com vencimento em 2035 e 2045 eram oferecidos com rendimento de 5,81%, enquanto o de 2024 a 5,33%, somados ao IPCA.

Pela manhã, os rendimentos tocaram nos 5,83%, antes de recuar para 5,76%.

Entre os prefixados, o papel para 2025 era oferecido a 11,51% e com vencimento em 2021 a 8,21%. O título mais longo, com juros semestrais e vencimento em 2029, saia a 11,75%.

O dia foi de volatilidade também no dólar que superou os R$ 3,80 pela manhã, derrubado para os R$ 3,74 após ação do BC de ofertar mais 30 mil contratos de swaps. No fim do dia, a cotação retornou aos R$ 3,81.

Esse é o maior patamar para a moeda ao longo de todo o governo Temer.