Suzano sonda bancos brasileiros para financiar aquisição da Fibria, diz jornal

jun 26, 2018

Investing.com - Com objetivo de obter uma linha de crédito entre R$ 6 bilhões e R$ 8 bilhões para o pagamento da aquisição da Fibria (SA:FIBR3), a Suzano Papel e Celulose (SA:SUZB3) realizou uma sondagem com grandes bancos brasileiros. De acordo com a Coluna do Broad, do Estadão, o prazo para pagamento do empréstimo seria de oito anos.

A publicação destaca que o Bradesco (SA:BBDC4) e o Banco do Brasil (SA:BBAS3) já realizaram propostas para a Suzano. No entanto, devido as atuais condições do mercado, com o aumento dos juros futuros, a operação está em stand by. Ainda segundo a coluna, o Itaú BBA não teria feito proposta por não ter tido apetite pela transação. Os bancos devem receber uma resposta da companhia nos próximos dias.

Apesar da sondagem, a coluna destaca que Suzano não tem pressa para finalizar a operação de crédito, já que para finalizar a transação a companhia ainda precisa do aval de todos os órgãos reguladores envolvidos na aquisição da Fibria.

Outro fator que favorece a companhia é o fato de já ter parte dos recursos que precisa junto a um sindicato de bancos estrangeiros. Na época do anúncio da compra da Fibria, a Suzano informou que já tinha garantido financiamento de US$ 9,2 bilhões junto a Mizuho, JPMorgan, BNP Paribas (PA:BNPP) e Rabobank.