Spinelli troca BRF e Eletrobras por Copel e Smiles em carteira para agosto

ago 01, 2018

Como é comum no começo de cada mês, os bancos de investimentos e corretoras atualizam suas carteiras com as ações recomendadas para cada período. Para agosto, a Spinelli optou por substituir os ativos da BRF (SA:BRFS3) e Eletrobras (SA:ELET3) de seu portfólio, dando espaço para a entrada de Copel (SA:CPLE6) e Smiles (SA:SMLS3).

A corretora destaca que, em julho, apontou a possibilidade de reversão do humor do mercado que havia sido muito pessimista quanto aos efeitos da greve dos caminhoneiros em maio/junho.

Para além dessa correção apontávamos a possibilidade de que o candidato tucano Geraldo Alckmin pudesse recuperar um pouco do terreno perdido para Bolsonaro e Ciro Gomes nas últimas pesquisas. De fato Alckmin teve um upside relevante por conta do apoio do Centrão a sua candidatura, reforçando um viés mais centro-direita ao espectro eleitoral de outubro com efeitos benéficos nas empresas sensíveis a interferência governamental.

Contudo, a corretora acredita que o otimismo foi exagerado em certa medida e por isso mantém agora em agosto um tom mais cauteloso. Os juros pós fixados em SELIC caíram mais que seria razoável supor e, hoje, um swap DI 360 dias está sendo negociado abaixo dos 8%. Poderia manter a aposta pós fixada.

Por isso a corretora aumentou o peso na alocação de títulos indexados à inflação (NTN-B), pois acredita em espaço para tanto os juros quanto a inflação andarem um pouco mais no mês de agosto.

A corretora trabalha com a hipótese de um candidato de centro-esquerda se beneficiar da desacelaração econômica em curso. Isso ficará mais claro quanto mais próximo estivermos do pleito. Além do mais os efeitos secundários da greve dos caminhoneiros tendem a ser mais duradouros que o mercado hoje precifica e, assim, o otimismo de julho pode ser relativizado em agosto.

Em julho, o rendimento da carteira recomendada da Spinelli acumulou ganhos de 16,9%, contra 8,88% do Ibovespa no mesmo período.

Carteira recomendada Spinelli

Petrobras (SA:PETR4)

Itaúsa (SA:ITSA4)

WEG (SA:WEGE3)

Gerdau (SA:GGBR4)

Vale (SA:VALE3)

Ecorodovias (SA:ECOR3)

Copel

Smiles

B3 (SA:B3SA3)