Setor de serviços do Reino Unido tem pior crescimento desde março

nov 05, 2018

A atividade de negócios no setor de serviços do Reino Unido cresceu no ritmo mais lento no mês passado, o menor desde março, devido à maior incerteza econômica e pouco movimento de novos trabalhos.

A empresa de pesquisas, Markit informou que seu índice da atividade dos gestores de compras de serviços caiu para 52,2 em outubro, em relação a 53,9 no mês anterior, mais fraco do que as previsões para uma leitura de 53,3.

“Os decepcionantes números do setor de serviços trazem evidências crescentes de que as preocupações do Brexit estão tomando um vulto cada vez maior na economia. Combinado com as pesquisas da indústria e da construção, o PMI de serviços de outubro aponta para a economia crescendo a uma taxa trimestral de apenas 0,2%, definindo que o cenário para o crescimento do PIB vai se enfraquecer no quarto trimestre ", disse Chris Williamson, economista-chefe da pesquisa da Markit.

"A economia enfrenta outros ventos contrários, incluindo uma desaceleração global mais ampla, guerras comerciais, maior incerteza geopolítica e aperto das condições do mercado financeiro. Portanto, ainda não está claro até que ponto as preocupações do Brexit estão exacerbando ou ofuscando uma desaceleração mais ampla da economia, o que teria implicações importantes para a formulação de políticas ”.

O crescimento de novos negócios desacelerou pela terceira vez nos últimos quatro meses em outubro. As empresas notaram que a incerteza relacionada ao Brexit e as preocupações com as perspectivas econômicas globais restringiram a demanda por serviços empresariais.

A pesquisa também indicou que o grau de otimismo para o ano que vem caiu para o nível mais baixo desde julho de 2016 em meio à incerteza sobre o Brexit e preocupações com a perspectiva econômica mais ampla.