Sete empresas entram em ex-proventos amanhã; yields chegam a 3,17%

ago 09, 2018

A jornada desta quinta-feira é a última para que o investidor se posicione com os ativos de sete empresas para fazer jus ao pagamento de proventos resultados dos balanços do segundo trimestre do ano. É o caso do Banco do Brasil (SA:BBAS3) Seguridade, Linx (SA:LINX3), AES Tietê (SA:TIET11), Taesa (SA:TAEE11), Multiplus (SA:MPLU3), Tegma (SA:TGMA3) e Ultrapar (SA:UGPA3). Os yields podem chegar a 3,17%.

Entre as companhias do setor elétrico, tradicionais distribuidoras de dividendos, a AES Tietê irá distribuir dividendos de R$ 0,264, o que representa um retorno de 2,53%. No caso da Taesa, serão pagos JCP de R$ 0,174 por ação (yield de 0,86) e dividendo de R$ 0,267 (yiled de 1,3%).

Os dividendos mais gordos serão distribuídos pelo BB Seguridade (SA:BBSE3), no total de R$ 0,781, o que representa um retorno ao acionista de R$ 3,17%. Já a Multiplus irá distribuir JCP de R$ 0,019 (yield de 0,06%) e dividendos de R$ 0,411 (yield de R$ 1,40%).

A Tegma vai distribuir JCP de R$ 0,70, o que representa retorno de 0,35%, e dividendos de R$ 0,0240, yiled de 1,22%. Já a Ultrapar irá pagar R$ 0,560 em dividendos representado remuneração de 1,25%.

A Linx é outra companhia a distribuir JCP, em um total de R$ 0,050 e yield de R$ 0,28%.

Com isso, as ações das companhias serão negociadas em ex-direitos de amanhã. Os valores dos yields foram calculados com base no fechamento das ações na sessão de ontem.