Saldo de investimento estrangeiro salta para R$ 2,9 bilhões em setembro

out 01, 2018

Na penúltima sessão de setembro, os investidores estrangeiros ampliaram mais uma vez a posição comprada no segmento Bovespa da B3, chegando a um saldo positivo de R$ 2,921 bilhões no mês. Na sessão, as compras foram de R$ 6,131 bilhões e as vendas de R$ 5,257 bilhões, resultando em saldo diário de R$ 874,559 milhões.

No dia, o Ibovespa fechou com ganhos de 1,71% aos 80.000,09 pontos. No acumulado do mês, o principal índice da bolsa paulista acumulava ganhos de 4,33%.

Entre os investidores institucionais, o resultado da sessão foi negativo em R$ 37,071 milhões, resultado de compras de R$ 3,281 bilhões e vendas de R$ 3,318 bilhões. Com isso, o déficit acumulado do mês foi para R$ 1,460 bilhão.

Os investidores pessoa física reduziram a participação na bolsa, com entradas de R$ 2,016 bilhões e saídas de R$ 2,624 bilhões, resultado em saldo de negativo de R$ 607,837 milhões no décimo oitavo dia útil do mês. No acumulado de setembro, o resultado é negativo R$ 1,282 bilhão.

Entre as empresas públicas e privadas, resultado do mês é de -R$ 269,498 milhões, sendo que na décima oitava sessão de setembro foi de R$ 205,814 milhões. As entradas acumulam R$ 1,356 bilhão e as saídas de R$ 1,626 bilhão.

Os investimentos das instituições financeiras tiveram resultado negativo de R$ 23,838 milhões, com entradas de R$ 532,355 milhões e saídas de R$ 556,192 milhões. No nono mês, o resultado de momento é de R$ 93,253 milhões.

Em dezoito dias, o segmento Bovespa girou, entre compras e vendas, um total de R$ 343,633 bilhões, o que leva a um resultado do dia R$ 24,067 bilhões e uma média diária de R$ 19,090 bilhões