Saldo de investimento estrangeiro na bolsa volta a cair, mas soma R$ 1,1 bi no mês

out 17, 2018

A primeira sessão da semana, após o feriado do dia 12, foi mais uma vez marcada pela saída de investimentos de estrangeiros do segmento Bovespa da B3. Somente na segunda-feira, o saldo foi negativo em R$ 318,632 milhões, com as compras de R$ 9,136 bilhões e vendas de R$ 9,454 bilhões. No mês, o resultado ainda é positivo em R$ 1,105 bilhão.

Já os investidores institucionais aproveitaram o dia para ampliar a posição comprada em R$ 838,387 milhões, reflexo de compras de R$ 6,919 bilhões e vendas de R$ 6,080 bilhões. Dessa forma, o acumulado de outubro é de R$ 2,296 bilhões

Por outro lado, o investidor pessoa retirou, em uma única sessão, com R$ 549,994 milhões, reflexo de aquisições de R$ 3,410 bilhões e alienações de R$ 3,960 bilhões. Dessa forma, esse tipo de investidor acumula saldo negativo de R$ 3,302 bilhões em outubro.

As empresas públicas e privadas aproveitaram o dia para a ampliar a posição na bolsa, com as compras (R$ 160,003 milhões) superando as vendas (R$ 149,899 milhões) em R$ 10,104 milhões. Somente em outubro o resultado é negativo em R$ 158,442 milhões.

Já as instituições financeiras realizaram aquisições de R$ 745,782 milhões e vendas de R$ 725,648 milhões, o que levou ao resultado diário de R$ 20,134 milhões. No mês, o resultado é de R$ 59,112 milhões.

Entre todas as operações de compras e vendas, o segmento Bovespa movimentou na sessão um total de R$ 40,742 bilhões, com média diária de R$ 34,630 bilhões e total acumulado no mês de R$ 346,302 bilhões.