Sabesp protocola na Arsesp pedido de reconsideração da revisão tarifária

mai 25, 2018

Investing.com - A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp (SA:SBSP3)) comunicou ao mercado, por meio de fato relevante, que devido ao resultado final da 2ª revisão de tarifa ordinária, protocolou junto à Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp), o pedido de reconsideração da decisão e também o pedido de esclarecimento da revisão autorizada.

A Sabesp explica que o pedido de reconsideração consiste em um recurso administrativo dirigido à ARSESP, solicitando rever a decisão regulatória com o objetivo de aplicar o ajuste compensatório na receita, custo de energia elétrica e investimentos aferidos no primeiro ciclo.

Em relação ao pedido de esclarecimentos e revisão, a companhia solicita a explicitação dos motivos que levaram à redução significativa nas projeções finais do OPEX para o período de 2017 a 2020. No caso da revisão, a Sabesp pede esclarecimento sobre a revisão dos cálculos do Fator X, do ajuste compensatório pelo atraso na aplicação da 2ª Revisão Tarifária Ordinária e do cálculo do componente financeiro referente a fundos municipais.

No último dia 10, a Sabesp recebeu autorização para reajustar suas tarifas vigentes em 3,507 por cento. O reajuste autorizado pela Arsesp passa a vigorar 30 dias após a publicação das novas tabelas tarifárias no Diário Oficial do Estado de SP, disse a empresa. A proposta preliminar de reajuste era de 4,8%, que já era questionado pela companhia. A proposta da Sabesp era de 5,45%.

Desde o anúncio da revisão da tarifa, as ações da Sabesp acumulam perdas de 20,23%.

Com Reuters.