Rumo tem nova alta com aprovação da MP do Frete Mínimo Rodoviário

jul 12, 2018

Na reta final da sessão desta quinta-feira na bolsa paulista, as ações da Rumo Logística (SA:RAIL3) operam com valorização de 3,56% a R$ 14,59, no dia seguinte de o Congresso Nacional aprovar a Medida Provisória que estabelece os preços mínimos para o frete rodoviário.

Para analistas do Credit Suisse, a aprovação da MP traz um potencial de aumento de competitividade para a companhia. “Se os fretes mínimos de caminhão se materializarem de acordo com a medida provisória, então esperamos que os preços dos fretes de caminhões aumentem e, como resultado, a Rumo deve estar bem posicionada para as próximas negociações de 'take-or-pay' com as tradings” analisa a equipe do banco suíço..

"Em outras palavras, a competitividade da Rumo em relação a opção de caminhão deve aumentar mais e isso de se traduzir em uma melhor combinação de preços e volumes", destacaram os analistas liderados por Felipe Vinagre, em relatório a clientes distribuído nesta quinta-feira.

Na visão da equipe do banco, esse movimento deve ocorrer, com as tradings preocupadas sobre suas operações dependerem do transporte de caminhões sob um esquema regulatório tão controverso e único de frete mínimo sendo definido pelo governo.