Oi aprovação de plano de recuperação judicial por credores na Holanda

jun 04, 2018

Investing.com - As ações da Oi (SA:OIBR4) iniciam a sessão desta segunda-feira na B3 operando com desvalorização de 0,32% a R$ 3,0917. A tele comunicou ao mercado na noite de sexta-feira, por meio de fato relevante, que seu plano de recuperação judicial foi aprovado pelos credores de suas subsidiárias holandesas, a Portugal Telecom International Finance e Oi Brasil Holdings Coöperatief.

De acordo com a companhia, a decisão garante a condição para a distribuição de parte do pagamento ao qual esses credores têm direito, conforme os termos do plano de recuperação judicial. Ainda assim, os planos ainda precisarão receber a sanção do Tribunal de Amsterdã, em audiência para homologação que está marcada para a próxima segunda-feira, dia 11.

Ainda segundo a Oi, o reconhecimento é uma condição para a distribuição de parte do pagamento ao qual esses credores têm direito, de acordo com os termos do plano em dezembro do ano passado. O plano de recuperação judicial da Oi foi aprovado no Brasil em dezembro do ano passado pela assembleia de credores da operadora

Seguindo o Código de Falências Holandês, o Plano PTIF foi aprovado por 100% dos credores presentes na reunião, representando 99,99% do total de créditos habilitados a participar da reunião e 99,99% do total da dívida a PTIF.

No caso da Oi Coop, o plano foi aprovado por 92,82% dos credores presentes, representando 99,63% do total de créditos habilitados, e 89,16% da dívida da Oi Coop.