Skip to main content
paypal

O boom das FinTechs está mudando a cara dos pagamentos online

Sex, 2021-08-13 12:36

Nos últimos anos, os pagamentos online se tornaram cada vez mais sofisticados, mas foi só depois da pandemia que toda a esfera da FinTech começou a explodir em atividade. Dizem que a necessidade é a mãe da invenção, e parece que o velho ditado tem se provado verdadeiro nos últimos 18 a 24 meses.

Provedores de pagamento online costumavam ser uma ponte entre comerciantes e clientes (ou mesmo dois indivíduos), permitindo que um enviasse fundos para o outro. Desde então, eles evoluíram para incorporar uma ampla gama de funcionalidades que anteriormente apenas os bancos e instituições financeiras tinham. Isto foi descrito como a revolução das FinTechs, e espera-se que continue por mais tempo após as restrições serem flexibilizadas. 

Força dos hábitos

De fato, para muitas pessoas das gerações mais velhas, suas primeiras experiências com o comércio eletrônico foi durante o lockdown. Com muitos relatando a experiência como positiva, espera-se que estes novos hábitos de compra se tornem permanentes. 

Naturalmente, a transição dos consumidores das compras em lojas físicas para as compras online tem sido uma tendência já há algum tempo. Ainda, como John McKee da 451 Research declarou num relatório publicado no verão passado, vários anos de mudança comportamental foram “comprimidos para uma questão de semanas” devido à pandemia. Esta teoria parece ser apoiada pelos dados do mercado também, com o CFO da PayPal, John Rainey, afirmando que pessoas com mais de 50 anos eram o maior segmento de clientes em crescimento da empresa em março e abril de 2020.

As cifras falam mais que as palavras

Este crescimento do mercado se refletiu nos movimentos de preços das ações de vários participantes do setor. O provedor de pagamentos holandês Adyen, por exemplo, viu suas ações aumentarem mais de 300% em relação às baixas de março de 2020, enquanto sua contraparte norte-americana, o Square, conseguiu registrar um ganho colossal de 500% no mesmo período. Até o PayPal, provavelmente a empresa de pagamentos on-line mais bem estabelecida do setor, também aumentou mais de 300%. Começando em 1998, muito antes que os olhos de alguém se iluminassem ao falar da FinTech como a entendemos hoje, poucos poderiam prever que sua evolução seria semelhante à das duas empresas citadas acima. No entanto, há uma razão para isso, como veremos.

Compre agora, pague depois

Sem dúvida, o maior desenvolvimento na FinTech foi a introdução de linhas de crédito de fácil utilização e acessíveis. O tempo para criação foi longo, mas a pandemia realmente acelerou as coisas. Os provedores de pagamentos tradicionais se empenharam para fazer a mudança para empréstimos de curto prazo com o que são, essencialmente, cartões de crédito virtuais. Mas entre todos os serviços que aderiram ao crédito cibernético, o PayPal foi o verdadeiro pioneiro. Começou oferecendo serviços semelhantes já em 2008, na sequência da aquisição da Bill Me Later, embora o crédito através deste serviço fosse limitado aos comerciantes participantes. Agora, com o PayPal Credit, cada proprietário de carteira pode optar por pagar suas compras acima de US$ 99 em 6 meses, sem custo extra (uma vez que este período termine, será cobrado um APR representativo de US$ 19,99).

O futuro do crescimento

"Compre agora, pague depois" é apenas a ponta do iceberg. No entanto, podemos esperar que os provedores de pagamentos tradicionais assumam cada vez mais funções geralmente associadas aos bancos e instituições financeiras. A competição acirrada é previsível, mas o PayPal certamente se estabeleceu em uma posição privilegiada para liderar o mercado nos próximos anos.

A formidável combinação do status de um nome conhecido com o constante esforço de inovação faz dele uma boa opção para um investimento a longo prazo. O PayPal já está se estabelecendo como o método de pagamento preferido em vários setores em expansão. Tome o trading online como exemplo. Usuários de várias plataformas de trading preferem usar PayPal pois ele oferece o equilíbrio perfeito entre velocidade, custo, segurança e conveniência. Uma dessas plataformas é a Libertex, onde os depósitos feitos através do PayPal são completamente gratuitos, com uma taxa nominal de 1 euro cobrado sobre retiradas. Os usuários da Libertex relatam que a interface impecável significa que fazer pagamentos no PayPal é realmente mais fácil do que usar um cartão de débito ou crédito. Além disso, é tão rápido quanto essas opções, mas sem as tarifas altas.

Negociando com a Libertex

Além de retirar e depositar fundos em suas contas de trading, os clientes Libertex também podem se beneficiar do mercado cíclico altista nos provedores de pagamentos online, como PayPal, Google e Apple. Graças à ampla variedade de instrumentos oferecidos pela Libertex, você pode até mesmo cobrir suas apostas com empresas de processamento de pagamentos tradicionais como Visa e Mastercard.

Experimente a emoção do trading!

Registre-se numa conta demo com a Libertex e aprenda a negociar