Moedas - Libra em mínima de 7 meses devido a dívidas e preocupações com Brexit

jun 28, 2018

Investing.com -A libra caía à mínima de sete meses nesta quinta-feira, já que o alerta do vice-presidente do Banco de Inglaterra, Jon Cunliffe, sobre os níveis de endividamento das famílias e preocupações sobre o Brexit pesavam sobre a moeda.

O par USD/USD recuava 0,26% para 1,3080 às 05h48, o nível mais fraco desde 6 de novembro.

A libra passou a ficar sob pressão depois que Cunliffe disse em uma entrevista de rádio que estava preocupado com o fato de que os lares britânicos com altos níveis de endividamento poderiam estar vulneráveis a uma recessão.

"(O endividamento das famílias) está bastante alto para padrões históricos, mas (as famílias) trabalharam arduamente para reduzir esses níveis. Mas dentro disso há áreas com as quais você se preocupa ", disse Cunliffe.

Ele também reiterou a orientação do banco central de que as taxas de juros devem subir de forma gradual e limitada.

Expectativas de um aumento da taxa nos próximos meses foram abaladas no início da semana depois que o novo decisor do Banco da Inglaterra, Jonathan Haskel, disse que pode haver mais folga do que se pensava na economia do Reino Unido, o que enfraqueceria a possibilidade de aumento das taxas.

Ele acrescentou que o banco central tem espaço para reduzir um pouco mais as taxas de juros em caso de uma desaceleração econômica.

Enquanto isso, as preocupações com o Brexit também pesavam depois que o primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, disse que a falta de progresso nas negociações foi "decepcionante".

O euro subia para os níveis mais altos em três semanas frente à libra, com o par EUR/GBP, atingindo 0,8838, antes de recuar levemente para 0,8827.