Moedas - Libra cai à mínima do dia após dados da inflação do Reino Unido

jun 13, 2018

Investing.com - A libra caía à mínima do dia nesta quarta-feira após dados mostrarem que a inflação britânica permaneceu no menor nível em um ano em maios apesar das pressões devido aos preços mais altos do petróleo.

O par GBP/USD atingiu a máxima de 1,3212 após a divulgação dos dados e era negociado a 1,3319 às 06h19.

O Escritório de Estatísticas Nacionais do Reino Unido (ONS, na sigla em inglês) divulgou que a taxa anual de inflação foi de 2,4% em maio, sem alteração a partir do mês anterior, que já havia sido a mínima de um ano e estava alinhada às expectativas.

O aumento nos preços dos combustíveis para motores produziu a maior contribuição para a inflação, disse o ONS, refletindo os aumentos nos preços do petróleo bruto.

A inflação de base subiu 2,1% em relação ao ano anterior, taxa igual à do mês anterior e também em linha com as previsões.

A inflação continua abaixo do crescimento dos salários, mesmo após dados divulgados na terça-feira, mostrando que o crescimento dos salários desacelerou ligeiramente no período de três meses encerrado em abril.

A forte queda na libra esterlina na sequência do referendo Brexit de junho de 2016 elevou o custo das importações, levando a um aumento da inflação. Embora tenha recuado de seu pico de novembro de 3,1%, ainda está acima da meta do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) de 2,0%.

Com a inflação retornando à meta do BoE e o crescimento econômico e dos salários esfriando, os mercados estão considerando a visão de que um aumento da taxa pelo banco central britânico nos próximos meses está se tornando cada vez menos provável.

A libra também estava em baixa frente ao euro, com o par EUR/GBP subindo 0,36% para 0,8816.