Moedas - Dólar recua de máxima de 2018 com pausa no rali

mai 09, 2018

Investing.com - O dólar recuava da máxima do ano em relação a uma cesta de moedas nesta quarta-feira, já que investidores tomavam fôlego após a alta na sequência da decisão do presidente Donald Trump de retirar os EUA do acordo nuclear com o Irã.

O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, recuava 0,15% para 92,80 às 08h30 após ter inicialmente subido a 93,20, nível mais alto desde 19 de dezembro.

Na terça-feira, o presidente Donald Trump retirou os EUA do acordo nuclear internacional com o Irã, aumentando o risco de conflito no Oriente Médio, o que pode ter efeito colateral nos estoques globais de petróleo e na economia mundial.

A demanda pelo dólar continuava a se sustentar uma vez que o rendimento dos títulos do Tesouro dos EUA com vencimento em 10 anos subiam acima do nível psicologicamente importante de 3% e chegavam ao nível mais alto em duas semanas enquanto um rali nos preços do petróleo impulsionava as expectativas de inflação.

Um aumento acima de 3,035%, máxima atingida em 25 de abril, levaria o rendimento do título de 10 anos dos EUA ao maior nível desde o início de 2014.

O dólar mantinha ganhos frente ao iene, com o par USD/JPY avançando 0,55% para 109,72.

O euro se afastava da mínima de quatro meses em relação ao dólar, com o par EUR/USD avançando para 1,1874 após ter atingido 1,1823 durante a noite.

A moeda única está sob pressão nas últimas sessões após um lote fraco de dados econômicos ter gerado especulações de que o Banco Central Europeu não conseguiria encerrar seu programa de estímulo de compra de ativos em setembro como alguns investidores esperavam.

A libra também ganhava terreno, com o par GBP/USD avançando 0,18%, para 1,3571 após ter atingido 1,3483, mínima de quatro meses, na terça-feira.

A libra caiu acentuadamente nas últimas semanas uma vez que investidores reduziam as expectativas de um aumento da taxa de juros do Banco da Inglaterra nesta semana em meio a indícios de que a economia está enfraquecendo.

Um relatório divulgado na quarta-feira mostrou que os gastos com varejo no Reino Unido caíram 3,1% em comparação a abril do ano passado, o que se soma a recentes dados pessimistas.

O dólar australiano se recuperava da mínima de onze meses, com o par AUD/USD cotado a 0,7455, ao passo que o dólar da Nova Zelândia recuava da mínima de meados de dezembro, com o par NZD/USD avançando 0,27 % para 0,6987.