Moedas - Dólar cai, mas ainda mantém sustentação próximo à máxima de 14 meses

ago 16, 2018

O dólar caía em relação a uma cesta das outras principais moedas nesta quinta-feira, mas mantinha sustentação perto da mínima de 14 meses em meio a preocupações atuais sobre a crise cambial da Turquia e temores de uma desaceleração econômica na China.

O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, atingiu a mínima de 96,28 durante a noite e recuava 0,14% para 96,45 às 05h22. O índice chegou à máxima de 96,76 na quarta-feira, maior nível desde 27 de junho de 2017.

A demanda pela moeda dos EUA continuou a se sustentar devido a preocupações com a queda da lira turca, que despencou para a mínima recorde no início da semana.

A deterioração das relações entre os EUA e Ancara e preocupações com o crescente controle do presidente turco Tayyip Erdogan sobre a política monetária e a economia fizeram a lira despencar mais de 40% neste ano.

A lira se recuperava um pouco desde a operação de venda no início da semana e estava em alta pelo terceiro dia nesta quinta-feira depois de notícias de que o Catar ofereceu à Turquia US$ 15 bilhões de investimento.

No entanto, os riscos geopolíticos permaneceram em primeiro plano, já que o aumento das tensões entre os EUA e Ancara provavelmente irá aproximar a Turquia de países como Rússia, China e Irã.

Os mercados foram estimulados por relatos de que os EUA e a China realizarão mais uma rodada de negociações comerciais ainda neste mês em meio a uma disputa comercial entre as duas maiores economias do mundo.

O iene, considerado porto seguro, estava pouco alterado frente ao dólar, com o par USD/JPY cotado a 110,78.

O euro se descolava da mínima de 14 meses atingida na quarta-feira, com o par EUR/USD avançando 0,28% para 1,1378.

A moeda única foi pressionada por temores quanto à exposição dos bancos europeus à Turquia.

A libra estava pouco alterada, próxima à mínima de 13 meses com o par GBP/USD cotado a 1,2703.

As moedas ligadas a commodities e sensíveis ao risco estavam em alta, com o par AUD/USD avançando 0,39% para 0,7266 e o par NZD/USD em alta de 0,29%, cotado a 0,6582.