México - Ações fecharam o pregão em queda e o Índice S&P/BMV IPC recuou 1,10%

mai 07, 2018

Investing.com – México - As ações fecharam em queda no pregão de segunda-feira, com perdas nos setores de Materiais diversos, Industriais e Assistência Médica, levando as ações a uma baixa.

No encerramento em México, o Índice S&P/BMV IPC perdeu 1,10%, alcançando novo nível recorde mínimo de 1 mês.

O melhor desempenho da sessão no Índice S&P/BMV IPC veio das ações da Grupo Televisa SAB Unit (MX:TLVACPO), que subiram 1,72%, o que corresponde a 1,16 pontos, sendo negociadas a 68,48 no fechamento do pregão. Enquanto isso, as ações da BanRegio Grupo Financiero SAB de CV (MX:RA) adicionaram 0,91%, ou 1,07 pontos, terminando o dia em 118,17, e as da Nemak SAB de CV (MX:NEMAKA), que avançaram 0,86%, ou 0,12 pontos, no final das operações com 14,09.

O pior desempenho da sessão foi das ações da Gmexico (MX:GMEXICOB), que caiu 4,69% ou 2,710 pontos, com os papéis sendo negociados a 55,130 em seu fechamento. VOLARIS A (MX:VOLARA) recuou 3,08%, ou 0,35 pontos, terminando em 11,03, e Grupo Aeroportuario del Pacifico SAB De CV Class B (MX:GAPB) diminuiu 2,91%, ou 5,42 pontos, para 180,67.

As ações em alta superaram os papéis com resultados negativos na Bolsa de valores do México com uma diferença de 169 a 137, enquanto 6 terminaram sem alterações.

Os contratos futuros de ouro para entrega em junho, caíram 0,02%, ou 0,30, para $1.314,40 por onça troy. Em outras commodities, petróleo para entrega em junho, avançou 0,43%, ou 0,30, para atingir $70,02 por barril, enquanto os futuros de petróleo brent para entrega em julho, avançaram 0,91%, ou 0,68, negociados a $75,55 por barril.

O par USD/MXN subiu 1,04% para 19,4585, enquanto o par EUR/MXN avançou 0,70%, para 23,2045.

O Índice Dólar Futuros, por sua vez, diminuiu 0,21% em 92,61.