Lojas Americanas saltam quase 5% com BTG elevando preço-alvo para R$ 22,00

jun 19, 2018

Investing.com - As ações da Lojas Americanas (SA:LAME4) operam com forte valorização de 4,81% a R$ 15,69, com o mercado reagindo a elevação do preço-alvo de R$ 20,00 para R$ 23,00 realizado pelo banco de investimentos BTG Pactual (SA:BPAC11). A recomendação para o papel segue de compra.

Para o banco, o crescimento mais rápido das vendas, margens sólidas, melhor dinâmica de capital de giro na divisão de lojas físicas e menores custos de captação devem impulsionar os lucros em 2018.

O BTG também avalia ser provável que a Americanas seja fraqueada master para operar as lojas de conveniência dos postos da BR Distribuidora (SA:BRDT3), pagando royalties para a detentora da bandeira dos postos BR.

"A complexidade de gerenciar uma grande base de franquia pode ser um problema, mas pode trazer mais tração ao plano de conveniência da Lojas Americanas poderia também suportar o crescimento do comércio eletrônico, ajuste fino da logística e estrutura de atendimento", destaca o banco.

Na carteira sugerida de ações para junho, o BTG trocou as ações da Lojas Americanas por Renner (SA:LREN3), principalmente pela queda de 10% em maio e de 17% em cinco meses.