Klabin negocia fim de pagamento de royalties à família controladora

out 04, 2018

A Klabin (SA:KLBN11) está prestar a dar um passo importante em sua governança corporativa. A edição desta quinta-feira do Valor Econômico, informa que a companhia negocia com os acionistas controladores o fim do pagamento de royalties pelo uso da marca. No entanto, a publicação diz que o mercado vê com cautela essa possibilidade.

Na sessão de hoje, as ações da Klabin registram perdas de 1,19% a R$ 19,07

O pagamento antecipado da licença para o uso da marca para parte da família Klabin foi de US$ 50 milhões no ano passado. O montante já é conhecido pelo mercado e está refletido no preço dos papéis negociados na B3. Por isso, o jornal informa que uma solução tende a ser bem recebida e melhorar a avaliação da companhia.

Segundo o Valor, o assunto voltou a ser discutido nos últimos meses, ao mesmo tempo em que se é discutido um novo ciclo de expansão da papeleira. O projeto, com total investimento que pode girar em torno de US$ 2 bilhões, deve ser submetido ao conselho ainda neste ano.

Para a Mirae Asset, a notícia do fim dos royalties, se confirmada pela Klabin, será bem recebida pelo mercado e por outros acionistas. A empresa está fora de estoque no mercado de ações e em relação ao setor é a que apresenta o melhor upside. A perspectiva é favorável para Klabin e para o setor, onde é esperado uma retomada do consumo.

A recomendação é de compra, com preço-alvo de R$ 25,60.