Investidor estrangeiro já tirou quase R$ 300 milhões da bolsa em setembro

set 10, 2018

A terceira sessão de setembro na bolsa paulista foi marcada por um novo dia de saída de recursos estrangeiros do segmento Bovespa da B3. As compras totalizaram R$ 3,80 bilhões e as vendas R$ 3,94 bilhões, resultando em saídas de R$ 138,75 milhões. No acumulado do mês, as perdas são de R$ 296,16 milhões.

Entre o segmento institucional, o resultado da sessão foi superavitário em R$ 166,57 milhões, com as aquisições em R$ 2,067 bilhões e as alienações em R$ 1,900 bilhão. No mês, esse tipo de investidor acumula retiradas de R$ 296,16 milhões.

Os investidores pessoa física reduziram a participação na bolsa, com entradas de R$ 1,603 bilhão e saídas de R$ 1,634 bilhão, resultado em saldo negativo de R$ 31,27 milhões no terceiro dia útil do mês. No acumulado de setembro, o resultado é de R$ 458,51 milhões.

Entre as empresas públicas e privadas, resultado do mês é de R$ 46,72 milhões, sendo que na terceira sessão de setembro foi de -R$ 2,018 milhões. As entradas acumulam R$ 164,77 milhões e as saídas de R$ 118,04 milhões.

Os investimentos das instituições financeiras tiveram resultado positivo de R$ 5,47 milhões, com entradas de R$ 261,32 milhões e saídas de R$ 255,85 milhões. No nono mês, o resultado de momento é de R$ 3,45 milhões.

Em três dias, o segmento Bovespa girou, entre compras e vendas, um total de R$ 42,205 bilhões, o que leva a um resultado do dia R$ 15,56 milhões e uma média diária de R$ 14,06 milhões.