Ibovespa futuro inicia terça-feira com valorização

mai 08, 2018

Investing.com - Contrariando a tendência das bolsas da Europa e dos indicadores futuros de Wall Street, o índice futuro do Ibovespa inicia a sessão com ganhos de 0,22% aos 83.218 pontos.

A terça-feira não tem grandes indicadores de destaque na agenda econômica dos Estados Unidos, com as atenções voltadas para os próximos dias quando serão divulgados os índices de inflação ao produtor e ao consumidor durante o mês de abril.

Por aqui, o Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 0,93 por cento em abril, ante elevação de 0,56 por cento no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta terça-feira.

O mercado deve centras as atenções desta terça-feira às reações aos balanços de companhias brasileiras, com destaque para números da Gerdau (SA:GGBR4), Magazine Luiza (SA:MGLU3) e Petrobras (SA:PETR4).

Bolsas Internacionais

Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,18 por cento, a 22.508 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,36 por cento, a 30.402 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,80 por cento, a 3.161 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,16 por cento, a 3.878 pontos.

Na Europa, com os mercados abertos, o dia é de perdas nos principais indicadores. O DAX, de Frankfurt recua 0,60% aos 12.870,50 pontos, enquanto em Paris o CAC opera em baixa de 0,58% aos 5.499,55 pontos Já em Londres, a valorização é 0,02% aos 7.567,76 pontos.

Commodities

A terça-feira foi marcada por valorização de 1,49% nos contratos de minério de ferro com vencimento em setembro e negociados em Dalian, fazendo com que a commodity fechasse o dia a 476,0 iuanes por tonelada, o que representa ganhos de 7 iuanes no dia.

No caso do vergalhão de aço, os contratos para outubro, que apresentam maio liquidez, tiveram perdas de 17 iuanes, fechando assim a jornada a 3.637 iuanes para cada tonelada negociada na bolsa de Xangai. Para os ativos de maio, houve valorização de 18 iuanes para 4.105 iuanes por tonelada.

O dia é marcado pela forte desvalorização nos preços do petróleo no mercado internacional. O barril do tipo WTI, negociado em Nova York, tem queda de 1,46% a US$69,70, o que representa queda de US$ 1,03. Já o Brent, de Londres, recua 1,21%, ou US$ 0,92, a US$ 75,25.

Mercado Corporativo

A Petrobras teve lucro líquido de 6,96 bilhões de reais no primeiro trimestre, alta de 56,5 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado, informou a empresa nesta terça-feira.

O lucro de juros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado somou 25,67 bilhões de reais, ante 25,25 bilhões de reais no primeiro trimestre de 2017.

A empresa destacou que os resultados refletem o aumento da cotação do petróleo Brent, que resultou em maiores margens nas exportações de petróleo; maior lucro com vendas de derivados, em consequência da política de preços implementada; e ganho de 3,2 bilhões de reais com alienação dos ativos de Lapa, Iara e Carcará, entre outros fatores.

O lucro da administradora de programas de fidelidade de clientes Smiles (SA:SMLS3) teve leve queda no primeiro trimestre, uma vez que a expansão da receita operacional foi ofuscada por menores receitas financeiras e maiores despesas. A empresa controlada pela companhia aérea Gol (SA:GOLL4) teve lucro líquido de 155 milhões de reais de janeiro a março, queda de 0,8 por cento ante mesmo período de 2017.

O faturamento bruto da empresa no período foi 17,8 por cento maior do que no primeiro trimestre de 2017, para 507,7 milhões de reais, apoiado em parte na evolução de 24,1 por cento no volume de milhas acumuladas e de 17,8 por cento em milhas resgatadas.

O grupo varejista Magazine Luiza anunciou nesta segunda-feira que teve lucro líquido de 147,5 milhões de reais no primeiro trimestre, o que representa um salto de 152 por cento em relação a igual período de 2017.

O resultado operacional da companhia medido pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) avançou 29,6 por cento no comparativo anual, para 300,5 milhões de reais. A margem Ebitda ficou estável em 8,3 por cento.

A construtora especializada em imóveis populares MRV (SA:MRVE3) informou nesta segunda-feira que teve lucro líquido de 160 milhões de reais no primeiro trimestre, um aumento de 22,3 por cento ante mesma etapa de 2017.

O resultado operacional da companhia medido pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no período avançou 44,1 por cento ano a ano, para 229 milhões de reais.

Agenda de Autoridades

A terça-feira de Michel Temer tem início com reunião com Olavo Machado Junior, Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais e Flávio Roscoe Nogueira, Presidente eleito da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais.

Mais tarde, o presidente recebe o Deputado Ronaldo Nogueira (PTB/RS) e em seguida tem encontro com Marcos Pereira, ex-ministro de estado da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Já o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia participa da reunião semanal com o Banco Central. Na parte da tarde, Guardia estará na audiência pública sobre o PL nº 9.463/18 – Desestatização da Eletrobras (SA:ELET3).

Com Reuters.