Governo de São Paulo estuda concessão mil quilômetros de rodovias

ago 24, 2018

O governo do estado de São Paulo quer ampliar o número de rodovias sob concessão. Para isso, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) irá conduzir um estudo de viabilidade econômica dos trechos. A decisão foi aprovada pelo Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização.

O objetivo é passar para a iniciativa privada o controle de um novo lote com cerca de mil quilômetros, incluindo trechos administrados pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-SP) e sob operação da Centrovias, cujo contrato de concessão termina em junho de 2019.

Artesp, informou que estudos preliminares apontam a necessidade de investimentos de R$ 9 bilhões na nova concessão para obras de ampliação, além de restauração da malha atualmente não concedida, instalação de novos equipamentos e outras intervenções pontuais.

Pela proposta, o sistema rodoviário deve ser recuperado e ampliado, além de uma redução de até 22% na tarifa quilométrica em relação à cobrança atual, implantação de rede WiFi ao longo do trecho concedido e possibilidade contratual de implantação de cobrança de tarifa por trecho percorrido (ponto a ponto) e flexível.

O lote contará com 800 quilômetros de trechos atualmente sob operação do DER-SP. Estão previstas as duplicações de cerca de 120 quilômetros da SP-294, entre Marília e Parapuã, de 95 quilômetros da SP-304, entre São Pedro e Jaú, e 6 quilômetros de duplicação na SP-308, na região de Charqueada.