Skip to main content
natural-gas

Gás natural: muito mais do que apenas ar quente

Sex, 2021-09-17 15:26

Com o aumento da inflação e da demanda em um mundo pós-pandêmico, é compreensível que as commodities estejam indo muito bem. O gás natural, no entanto, ofuscou o lote, com os preços atualmente atingindo níveis máximos de seis anos. Naturalmente, é claro, a questão colocada por muitos analistas é por quanto tempo esses preços altos podem ser sustentados, já que as previsões de crescimento continuam sendo ajustadas para baixo e o Nord Stream 2 promete entregar à Europa 55 bilhões de metros cúbicos a mais de gás por ano. Apesar disso, porém, o consenso parece ser de que os preços pelo menos permanecerão estáveis em meio a um inverno caro e difícil adiante.

Não se prenda ao presente

Quando os preços sobem 300% no espaço de um ano, as pessoas podem ser desculpadas por pensar que estamos em uma bolha. É por isso que ter um pouco de perspectiva histórica é absolutamente vital. De fato, mesmo um relance superficial dos preços à vista do passado mostra que o nível atual de US$ 5,30 por 1 milhão de BTUs não é especialmente singular para os EUA. Na verdade, o gráfico histórico do Henry Hub Natural Gas revela que, ainda nos anos 2000, os preços excederam US$ 10 várias vezes, chegando mesmo a aumentar para US$ 15 em algumas ocasiões. Quando consideramos que a inflação diminuiu significativamente o poder de compra do dólar nos 15 anos seguintes, os preços de hoje parecem, na verdade, bastante baratos tendo em conta o contexto macroeconômico global.

Olhe para os futuros

Um ótimo barômetro de para onde os preços provavelmente estão se dirigindo é o mercado de futuros. Isto é particularmente verdade quando se trata de commodities. No momento em que este artigo foi escrito, os futuros de gás natural para a temporada de inverno estavam em torno de US$ 5,50 por milhão de BTUs, o que representa um prêmio no preço à vista que sugere que os analistas estão confiantes nos aumentos de preço adiante. Além disso, a IEA (Agência Internacional de Energia) previu que os futuros continuarão a crescer até o final do ano. Se olharmos para o intervalo de confiança dos preços possíveis, vemos uma mudança significativa na previsão em direção a níveis de preços mais altos de até US$ 10. Isso aconteceu depois que analistas da Goldman Sachs também estimaram que os preços do gás natural poderiam dobrar mais uma vez para US$ 10 no caso de um inverno frio (o que também parece mais do que provável).

Europa conduzindo a demanda

Embora a situação nos Estados Unidos seja sem dúvida importante, também temos que pensar em um dos maiores mercados mundiais de gás natural: a Europa. É previsto que os preços permanecerão altos no Velho Continente por várias razões, e isso, é claro, também impulsionará os preços nos Estados Unidos. No início de setembro, a Fitch Ratings elevou sua perspectiva para os preços do gás natural na Europa para 2021-2022, citando a dinâmica atual de aumento dos custos do gás e os problemas com reservas estáveis. Os preços do gás natural nos polos europeus estão subindo praticamente a cada dia que passa e atualmente oscilam em torno de US$ 700 por 1.000 metros cúbicos. Os principais fatores por trás desses aumentos de preços em curso são o baixo nível de reservas de gás nas instalações de armazenamento subterrâneo de gás da Europa, que estão apenas dois terços cheias no momento, e o fornecimento limitado de gasoduto e gás natural liquefeito. Embora a construção do Nord Stream 2 esteja agora concluída, a extração ainda está a pelo menos um mês de distância, e as preocupações políticas podem se revelar uma ameaça à sua viabilidade a longo prazo.

Chamados da natureza

A menos que você tenha vivido numa caverna nos últimos anos, você deve ter notado que o número de desastres naturais relacionados com as condições climáticas em todo o mundo e nos Estados Unidos está aumentando rapidamente. Esta tendência não está somente gerando mudanças nos hábitos de consumo entre vários grupos de consumidores, mas também está gerando instabilidade na produção e no transporte dos recursos energéticos subjacentes. E onde fica a região de desastres naturais mais ativa dos Estados Unidos? No Golfo do México, é claro, que, por acaso, é onde é produzida a maior parte do petróleo (17%) e do gás (5%) do país. Tanto a frequência quanto o custo dos desastres meteorológicos e climáticos estão aumentando como resultado combinado do crescimento populacional e do desenvolvimento da indústria. Mas, em geral, estes dois fatores estão ambos ligados à questão global da mudança climática causada pelo homem. E já que o período de agosto-outubro é o momento em que tempestades tropicais e severas são mais comuns nos Estados Unidos, não é surpreendente que outubro e novembro vejam normalmente os maiores aumentos nos preços do gás natural. Enquanto isso, a Bloomberg estima que o Furacão Ida, que atingiu a Costa do Golfo, teve o impacto mais significativo na indústria de energia norte-americana em 13 anos. Assim, parece que mais evidências se acumulam para indicar mais aumentos de preço ao dobrar a esquina.

Negocie gás com a Libertex

Se você acha que o mercado de gás natural está prestes a explodir ou implodir, você sempre pode dar a sua opinião com a Libertex. Isso porque oferecemos tanto posições longas quanto curtas em uma variedade de commodities, incluindo Henry Hub Natural Gas. A Libertex vem conectando os traders aos mercados financeiros desde 1997 e é conhecida pela sua confiabilidade, baixa comissão e spreads ultra-baixos. O aplicativo Libertex está disponível para iOS e Android e vem totalmente carregado com uma ampla variedade de ferramentas de análise técnica que podem ser sobrepostas diretamente no gráfico do instrumento. Se isso não for o suficiente, ele também exibe recomendações simples de Compra/Venda para traders que preferem sinais simples e facilmente acionáveis. 

Experimente a emoção do trading!

Registre-se numa conta demo com a Libertex e aprenda a negociar