Gás natural dos EUA chega à máxima da sessão após dados dos estoques

jul 26, 2018

Os contratos futuros de gás natural dos EUA subiam aos maiores níveis da sessão nas negociações desta quinta-feira na América do Norte após dados mostrarem que os estoques domésticos subiram muito menos do que o esperado na semana passada.

Em seu relatório semanal, a Administração de Informação de Energia (EIA, na sigla em inglês) afirmou que os estoques norte-americanos de gás natural tiveram aumento de 24 bilhões de pés cúbicos na semana que se encerrou em 20 de julho, o que se compara às projeções do mercado de aumento de 36 bilhões de pés cúbicos.

Isso se compara a um aumento de 46 bilhões de pés cúbicos na semana anterior, aumento de 17 bilhões no ano anterior e um aumento médio de cinco anos de 46 bilhões de pés cúbicos.

O total de gás natural em estoque atualmente chega a 2,273 trilhões de pés cúbicos de acordo com a EIA.

Esse número é 705 bilhões de pés cúbicos, ou cerca de 23,6%, menor do que os níveis neste período do ano em comparação a um ano atrás e 557 bilhões de pés cúbicos, ou cerca de 19,7%, abaixo da média de cinco anos referente a este período do ano.

Os contratos futuros de gás natural dos EUA saltavam US$ 0,017, ou cerca de 0,6%, sendo negociados a US$ 2,772 por milhão de unidades térmicas britânicas às 11h36. Os preços estavam em torno de US$ 2,750 antes da divulgação dos dados dos estoques.