Futuros do minério de ferro têm leve queda em Dalian

ago 28, 2018

A jornada desta terça-feira na bolsa de mercadorias de Dalian, na China, foi marcada por uma nova queda nos preços dos contratos futuros do minério de ferro. Os ativos com data de vencimento em janeiro de 2019 recuaram 0,62% e encerram assim o dia a 482,00 iuanes por tonelada do produto, o que representa uma variação negativa de 3 iuanes no dia.

Já em Xangai, na bolsa de mercadorias, os contratos do minério de ferro também tiveram perdas nos papéis de maior liquidez. O ativo mais negociado, para janeiro de 2019, as perdas foram de 29 iuanes, para um total de 4.232 iuanes por tonelada. O segundo papel em volume de negócios, para outubro deste ano, a queda foi de 3 iuanes, para 4.427 iuanes por tonelada.

Os mercados acionários chineses fecharam em leve queda nesta terça-feira, com os investidores dando uma pausa para respirar depois dos fortes ganhos da sessão anterior.

O crescimento do investimento chinês, que já está em mínimas recordes, pode enfraquecer ainda mais no futuro e as autoridades deveriam intensificar as medidas fiscais e financeiras para impulsioná-lo, disse o principal órgão de planejamento estatal na segunda-feira.

Já o índice japonês Nikkei superou os 23 mil pontos graças ao acordo comercial entre Estados Unidos e México, mas depois devolveu a maior parte dos ganhos por realização de lucros.

Os EUA e o México concordaram na segunda-feira em reformular o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta, na sigla em inglês), pressionando o Canadá a concordar com os novos termos sobre o comércio de automóveis e outras questões para continuar fazendo parte do pacto.

Com Reuters.